quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Briga de Cachorro Grande

Começou o que acredito, será uma constante nesses 4 anos do governo Dilma - o conflito de interesses ou o excesso de interesses dos dois maiores partidos do Brasil: PT e PMDB.

O PMDB (maior Legenda do país), partido do Vice-Presidente Michel Temer, foi o principal parceiro do PT na corrida eleitoral.

Quando da indicação dos nomes para o preenchimento dos Ministérios o PMDB bateu o pezinho para que mais nomes fossem por ele indicados, o que foi acatado pelo PT.

Com os cargos do 1º escalão do Executivo preenchidos, houve uma grande celeuma. Pois os Ministros do PT, seguindo a 'lógica' iniciaram as nomeações do 2º escalão... Nas Empresas Públicas, Autarquias... Ocorre que nomes que eram do PMDB foram substituídos.

Agora o PMDB como forma de chantagiar o PT a ceder-lhe mais cargos, quer que o governo os convença de que o salário mínimo no valor de R$ 540 reais é o acertado.

Isso é descaradamente uma forma de pressionar o PT e que já deu resultado, uma vez que este suspendeu todas as indicações do 2º escalão.

Será que o PT não tinha conhecimento que isso aconteceria?

Fica claro que os interesses partidários estão muitíssimo acima dos da nossa população.

Enquanto eles brincam de quem tem mais força e se dão aumento de mais de 130%, os pobres trabalhadores tiveram apenas pouco mais de 6% acrescidos aos seus parcos rendimentos com os quais tentam sobreviver com alguma dignidade.

Viva à democracia!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário