domingo, 20 de março de 2011

Muito mais a escrever para Obama que Niemeyer e os seus

O arquiteto Oscar Niemeyer, presidente de Honra da Rede das Redes em Defesa da Humanidade – Capítulo Brasileiro, foi o primeiro signatário do abaixo-assinado dirigido ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que está no Brasil.

No documento, os decepcionados signatários pedem o cumprimento das promessas de campanha de Obama, como a desativação da Prisão de Guantánamo.

Quando tomou posse, deixei claras minhas reservas, pois acreditei que seria mais um presidente estadunidense e nada mais haveria de diferente além da cor de sua pele e, até o presente momento não tenho me surpreendido, pois não fez nada das extraordinárias coisas que a mídia ajudou a fantasiar.

Mas, o que foi aquele precipitado e, ao meu ver, desmerecido Nobel da Paz??? Sem comentários...

Voltando ao manifesto, o achei um pouco pobre e limitado, uma vez que enfatizou somente a situação cubana. Ademais, já sabemos da declarada afeição e admiração do Niemeyer por aquela cultura e ideais comunistas, mas penso que situações como as guerras no Oriente Médio, ainda mantidas em nome das desastrosas políticas do "combate ao terror" servem na maioria das vezes para encobrir os interesses nas riquezas naturais (principalmente energéticas, como petróleo).
 
Por esse motivo, a Presidenta Dilma não apoiou a operação de guerra na Líbia, pois como diz a nota oficial do governo brasileiro: “Isso não significa nenhuma complacência da nossa parte com situações de violação de direitos humanos. Se não tem critérios muito rigorosos, o direito de proteger pode ser um pretexto para invadir em qualquer país”.

Por isso a África ainda permanece desassistida pelo primeiro mundo e as guerras civis lá travadas e onde milhões morrem, sequer são noticiadas, logo, a quem interessa uma terra onde a população não consome seus produtos tecnológicos e sobretudo que não tem muito combustível para se inventar um motivo bem lucrativo para as indústrias bélicas?

Então, o manifesto podia ser um pouco mais abrangente, mas mesmo assim já é de alguma valia.


Segue abaixo a íntegra:

"Abaixo-assinado do povo brasileiro à Barak Obama

Para: Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama

O presidente Lula foi definitivo: quando nos dirigimos a V. Exa. não parece que falamos com o representante de um poder imperial e sim com um brasileiro como qualquer um de nós. Sua eleição trouxe muita admiração e muita esperança para o povo brasileiro e para toda a América Latina. Contudo, devemos confessar-lhe que nos encontramos profundamente decepcionados.

Acreditamos nas promessas de campanha. Entre elas esperávamos que seu governo trouxesse a paz e a justiça para nossa querida Ilha Cubana, que, como é sabido, apesar do embargo de mais de 50 anos, conseguiu ocupar um lugar de destaque no mundo com avanços significativos na área da biotecnológica, educacional e na área de saúde pública. Apesar da campanha difamatória e da propaganda violenta, Cuba resiste a todas as agressões e intempéries com dignidade. Desnecessário citar a V. Exa. todos os desmandos contra Cuba, sob as mais mentirosas alegações. Assim foi a Baia de Porcos; assim foi a promessa de desativar Guantánamo; assim é a prisão dos Cinco Cubanos em prisões estadunidenses, com julgamentos sem nenhum critério ético e justiça; assim foi assinado, há mais de 50 anos, um embargo econômico, cruel e desumano.

Assim tem sido contra Honduras, Venezuela, Bolívia, África, sem citar o apoio e o trabalho das agências de inteligência contra os países sul-americanos nas décadas de 60 e 70 do século passado.

São incontáveis essas agressões. O senhor chegou como esperança de crescimento do homem em todas as esferas. Veio de uma classe média diferenciada; traz nas veias a herança de seus antepassados, os mesmos que construíram a economia de seu País.

Sabemos de seus interesses na grandiosidade do Brasil, que transcende o imaginável: Pré-sal, riquezas inesgotáveis de energia, biodiversidade, mão de obra barata, são apenas alguns exemplos.

Senhor Presidente Barack Obama, nosso contencioso é grande; mas, nosso carinho pelo povo norte-americano transcende as desavenças.

Queremos aproveitar esta ocasião para uma reflexão necessária: a generosidade, a solidariedade, o respeito à soberania de cada país e, principalmente, centrar nossas potencialidades para transformar o caos em que vivemos num mundo melhor.

Acabe com o embargo a Cuba e liberte os Cinco Herois Cubanos, em nome da real integração entre os povos.

Rede das Redes em Defesa da Humanidade – Capítulo Brasileiro

Oscar Niemeyer – Presidente de Honra

Marília Guimarães – Presidente do Capitulo Brasil
"

quarta-feira, 16 de março de 2011

Obama no Brasil

No Brasil tem sido muito noticiada a visita do Presidente Estadunidense, que ocorrerá no próximo final de semana.

O último que visitou o Brasil foi Bill Clinton, na década de 90 e somente agora, muitos anos depois, outro Chefe de Estado dos EUA pisará em solo brasileiro.

O Governo do Estado do Rio, criou evento no site de relacionamentos Facebook, para convidar as pessoas para o discurso no próximo domingo na Cinelândia, no Centro. 

No convite divulgado pelo Consulado Estadunidense há a afirmação que a entrada é gratuita!!!!

Honestamente? Eu não irei, mas é óbvio que vou querer saber do conteúdo do discurso, pois gosto de estar bem informado. Mas de nenhuma maneira iria até lá prestigiar a vinda dele ao Brasil.

E convenhamos, o Prefeito Eduardo Paes "se virando nos 30" para deixar o local do discurso "apropriado" e o constrangimento que a equipe de segurança de Obama vem causando em suas visitas de avaliações na Cidade de Deus são lamentáveis.

Desde que Obama foi eleito, nao vi nenhuma novidade, além da cor de sua pele. É tão estadunidense quanto todos os que o precederam. Muito se esperava do primeiro presidente negro dos EUA, produto de emblemática eleição, alavancada pela utilização de diversas redes sociais, no entanto, nada de revolucionário ocorreu.

Mas o que significa essa visita?

Os EUA estão interessados na participação da exploração do pré-sal e para isso acordos serão firmados - previdência bilateral e facilitação na obtenção de visto são exemplos.

Não é demais ressaltar que o Brsil foi o último país a entrar na crise financeira que eclodiu em 2009 e realmente tivemos que "dar o braço a torcer" às palavras do Ex-Presidente Lula, quando chamou-a de "marolinha", pois fomos os primeiros a sair dela.

Os EUA não são mais nosso principal parceiro comercial, pois foi superado pela China, o que, em conjunto com uma série de ações da equipe econômica brasileira, minimizou os danos da crise.

Poderia aqui discorrer muito mais acerca dessas questões, mas vou resumir em poucas palavras.

Quando um Chefe de Estado Estadunidense, negro ou não, visita o Brasil, é porque seus interesses são maiores que os nossos.

Por isso, vejo com satisfação sua visita, pois isso demonstra como o Brasil elevou sua importância no cenário mundial, mas não por admiração à figura ou ao cargo que ocupa.

sexta-feira, 11 de março de 2011

Corrupção é Genética?

Mais um episódio de corrupção veio à tona e de forma irrefutável: a Deputada Federal Jaqueline Roriz (PMN-DF)  foi filmada recebendo dinheiro junto com seu marido, justamente de Durval Barbosa (delator do escândalo denominado "Mensalão do DEM").

A gravação foi feita no ano de 2006, quando a Deputada ainda era aspirante no pleito eleitoral para integrar a Câmara Distrital.

                                    (Assista ao vídeo)


A Ordem dos Advogados do Brasil, através da Seccional do Distrito Federal foi até a Câmara solicitar que sejam tomadas providências e o PSOL também informou que assim que o Conselho de Ética for instalado será pedido que a Deputada seja a ele submetida.

Espera-se que algo aconteça; que alguma satisfação seja dada à sociedade, pois acontecimentos como esse só tornam a população mais descrente na classe política e que acaba fazendo o pior: votando em pessoas completamente despreparadas para o cargo, como Romário e o palhaço e analfabeto funcional Tiririca (que, pasmem, integra a Comissão de Educação).

O Procurador Geral da República (Roberto Gurgel) requereu ao Supremo Tribunal Federal a instauração de inquérito para investigar a Deputada. O processo está sob a relatoria do Ministro Joaquim Barbosa.

O pedido se faz necessário, pois como Deputada Federal, Jaqueline possui foro de prerrogativa de função, o chamado foro previlegiado e  para ser investigada se faz necessária a autorização do STF.

Para quem não prestou atenção no sobrenome da ilustre Deputada, ela é filha do Ex-Governador do Distrito Federal, Joaquim Roriz, que envolvido em escândalos, renunciou ao mandato em 2007 para não ficar inelegível por 8 anos.

O "Mensalão do DEM", culminou com a cassação do também Governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, que foi preso, afastado de suas funções e cassado do cargo e seu Vice, que assumiu logo após, renunciou, para se defender também de acusações, o que fez com que o Distrito Federal mergulhasse em profunda crise, sendo por meses, alvo de ameaças e pedidos de intervenção federal, para evitar maiores prejuízos.

Sabe-se que herdamos algumas características de nossos ascendentes, mas será que a corrupção é uma delas? Está aí uma ótima sugestão de pesquisa para os cientistas.

Segue na íntegra a nota da Deputada ao pedir afastamento de suas funções da Comissão de Reforma Política:

"Quando pleiteei uma vaga para o Partido da Mobilização Nacional, na Comissão Especial da Reforma Política, no colégio de líderes da Câmara dos Deputados, o fiz com a convicção de que o nosso PMN e seus militantes têm uma valorosa contribuição a dar a essa comissão.

A reforma política é necessária e essencial para o avanço da democracia no Brasil, para o seu aperfeiçoamento e para toda a classe política. O atual modelo é falho e precisa ser revisto com a maior brevidade possível.

Aprendi que os interesses da sociedade, de um grupo político, devem prevalecer acima de qualquer interesse individual ou vontade pessoal e, neste contexto, solicito a minha substituição na Comissão Especial representando o PMN.

Continuarei contribuindo com propostas que façam com que o país encontre mecanismos eleitorais ainda mais democráticos, que ajudem a minimizar as injustiças sociais do nosso Brasil."

Observação: Sempre que a classe política está descreditada e envolta à escândalos, ressuscita a Reforma Política como se isso resolvesse essas questões. Agora pretende-se fazer uma mini-reforma eleitoral e chamam-na de Reforma Política, sem nem saber o que ela realmente significa.

A força da natureza

Novamente países são atingidos por fortes terremotos e as ondas (tsunamis) que deles são decorrentes.

As únicas providências que podem ser tomadas são no sentido de minimizar os danos, tanto materiais quanto aos seres humanos, evitando assim mortes em grande escala, como as que ocorreram no início do ano na Região Serrana do Rio de Janeiro.

O Japão, país mais atingido, já contabiliza seus mortos, apesar de todas as precauções e sistemas de alerta da população, tamanha a capacidade destrutiva desses eventos.

No entanto, apesar de toda a destruição, as perdas de vidas não foram grandes, o que serve de exemplo para o Brasil - País totalmente despreparado para a prevenção de catástrofes, bem como para o socorro de vítimas.

Deixo aqui meus votos de pesar pelos mortos e suas famílias.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Nova Fase do Blog

Inaugurando uma nova fase do Blog.

Notei que eu só postava sobre assuntos ou acontecimentos que me interessavam o que era de certa maneira uma atitude egoísta de minha parte.

Por esse motivo passarei a publicar mais e diversificar mais os temas para que os poucos que acompanham fielmente se mantenham por aqui, mas sobretudo para que outras pessoas possam ter uma leitura diferenciada.

Não quero que acessem informação somente, mas que tenham um norte para seu senso crítico.

Meu muito obrigado a todos pelas visitas e comentários.

Não sejam tímidos, podem enviar para amigos e divulgar nas diversas redes sociais.

Aguardem as mudanças. Pois elas começarão hoje!

terça-feira, 8 de março de 2011

O Carnaval do Cidadão

Inicialmente devo dizer que adoro carnaval, antes que pensem que sou um anti-social ou coisa parecida, mas estive aqui pensando no assunto por alguns minutos, o que foi suficiente para querer escrever algumas linhas.

Certo de que o carnaval é a maior festividade do nosso país e no Rio de Janeiro é símbolo da alegria do povo carioca e brasileiro, vi que 2 milhões de pessoas acompanharam nas ruas do Centro do Rio o de volta à moda bloco do Cordão da Bola Preta e esse número impressionante chamou minha atenção.

Então me dei conta de que num país onde muitos problemas assolam nossa população: fome, pobreza, violência, serviços médicos deficientes, corrupção... ainda temos motivos para comemorar.

Mas e quando devemos clamar e protestar por melhora nos aspectos citados, o número de pessoas ao menos se aproximam disso? Não!

Costumo até brincar que, a caminhada pela paz ou movimentos do tipo, só terão mais "adeptos" quando colocarem trio elétrico com música bem alta e mulheres semi-nuas para acompanhar.

Ao que parece, nosso comprometimento conosco não é lá essas coisas...parece que somos contagiados pelas propagandas de cerveja onde estrelas do mundo artístico nos trazem uma vida mais feliz com o alcóol; barrigas lipoaspiradas e bundas na TV e jornais impressos, com oferta de preservativos grátis e incentivo ao seu uso pelo governo (que só o faz em época de carnaval, como se os brasileiros só fizessem sexo nessa época).

Recordo-me de um "movimento feminino" no site de relacionamento Orkut onde as mulheres enviavam entre si depoimentos nos quais buscavam deixar os homens curiosos e sem saber do que suas postagens se tratavam.

Naquela oportunidade eu disse ser admirável a capacidade das mulheres de se mobilizarem e que se fosse por algum motivo sério poderiam quem sabe mudar o mundo.

Temos sim direito a festejar, celebrar a vida, mas nada fazer para que ela seja melhor, para nós e os que estão ao nosso redor, é hipocrisia e egoísmo de alguém que não pode ser chamado de cidadão.

A quem interessar possa: vídeo onde jornalista expressa sua opinião acerca do carnaval. (Concordo em parte)

Parabéns Mulheres

Quase 100 anos após a greve das operárias russas, que protestavam por melhores condições de vida e trabalho na manifestação por "Pão e Paz" a data ganhou status comercial, como todas as datas festivas, igualmente ao Natal e Páscoa, onde a troca de presentes é mais importante que a celebração em si.

Hoje é dia de comemoração, sem dúvida, mas também de reflexão.

Não se deve deixar que o capitalismo selvagem acabe com o significado de cada grito, gota de suor ou de sangue das mulheres que por aqui passaram e que vivem tentando manter a humanidade mais humana.

Temos uma mulher presidente e isso é o exemplo maior do que a mulher é capaz num país onde elas ainda recebem menores salários que os homens, embora estudem mais.

Não obstante os avanços, ainda convivemos com a violência contra a mulher, diuturnamente.

É hora de uma mudança de mentalidade, tanto masculina quanto feminina.

Que os homens deixem de bater, violentar e matar quem "amam". Que amor é esse? Quantos casos foram noticiados em que maridos, ex-maridos, namorados e etc. mataram a "amada" por ciúmes ou por estas não reatarem os relacionamentos? A covardia não deve ser omitida ou escondida. Quem tiver notícia deve denunciar.

As mulheres devem ter mais amor próprio, para ao primeiro sinal de violência ou ameaça procurar uma unidade policial.

Vejam o exemplo do caso da atriz Luana Piovani e do ator Dado Dolabella.

Vejam também postagem sobre o "Sexo Vítima".

Parabéns às mulheres de todo o mundo, por serem instrumento de amor e de perpetuação da nossa espécie!!!

Meu obrigado especial à minha mãe, que me deu a vida e me ajudou a ser um homem melhor.

Obrigado mãe!