segunda-feira, 18 de abril de 2011

A Lei Seca não perdoa ninguém

No último final de semana o Senador Aécio Neves (PSDB/MG) foi parado pela Blitz da Operação Lei Seca no Rio de Janeiro e, por estar com sua Habilitação vencida, teve que entregá-la aos policiais.

Recusou-se a fazer o teste do bafômetro, uma vez que como já teve a carteira apreendida, não havia motivo para tal e por isso pagará multa de mais de 900 reais, o que, convenhamos, nada representa para um nobre Senador da República.

Ao menos não teve postura arrogante, como algumas autoridades cariocas como Desembargadores, Procuradores já o fizeram.

Mas é bom já ir sabendo, que ex-presidentes, atual e até futuros, devem antes de tudo respeitar a lei. E a Lei Seca aqui no Rio de Janeiro, não perdoa ninguém!


Leiam a nota oficial da assessoria do senador:

"A assessoria de imprensa do senador Aécio Neves informa que:

Na noite deste sábado para domingo (17-04-11), o senador Aécio Neves jantou nas redondezas de seu apartamento no Rio de Janeiro.

Ao retornar à sua residência, foi abordado durante blitz policial quando foi constatado o vencimento da validade do seu documento de habilitação como motorista.

Em respeito à legislação vigente, o senador entregou a habilitação ao agente e, seguindo as orientações recebidas, providenciou um condutor habilitado - um taxista que se encontrava no local - que dirigiu seu veículo até sua residência a poucos quarteirões.

Com relação às notícias veiculadas sobre o uso ou não do bafômetro, essa assessoria informa que, uma vez constatado o vencimento do documento de habilitação e providenciado outro motorista para condução do veículo, o mesmo não foi realizado.

O senador cumprimentou a equipe policial responsável pelo profissionalismo e correção na abordagem feita aos motoristas durante a blitz."

Nenhum comentário:

Postar um comentário