domingo, 1 de maio de 2011

Lula, o Santo brasileiro?

Já deixei claro, por diversas vezes o meu descontentamento e decepção para com o agora ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. Principalmente no aspecto pessoal e ideológico, pois durante toda sua vida pregou determinadas idéias e ao chegar ao poder, desconsiderou-as por completo, me levando a achar que se tratava de pessoa com distúrbios de múltiplas personalidades, face às inúmeras vezes em que disse e fez coisas diametralmente opostas às de seu passado recente.

Não que tenha sido um mau presidente, até mesmo porque não foi ele quem governou o Brasil, mas o PT. O Lula foi uma mescla de pensamentos preconceituosos juntamente com comentários infelizes; discursos de improviso simplesmente dispensáveis e vergonhosos; comparações esdrúxulas de quase tudo com futebol (o que evidencia a carência de conhecimentos, limitado ao senso comum) e o mais grave: simpatia e apoio a governos totalitários, antidemocráticos e altamente nocivos à humanidade no sentido estrito da palavra.

De resto, sua figuração como "O Cara" se deu graças ao carisma (este incontestável) e ao momento econômico favorável do Brasil, alcançado graças a uma continuidade do que FHC fez, pois o PT não impôs sua linha idealista na sua forma de governar, surpreendendo os mais otimistas, governando de forma liberal e de extrema direita.

Não quero ser injusto e negar os avanços, sobretudo no trato com os mais pobres, apesar de que quem mais enriqueceu no Brasil foram os mais ricos.

Diversos programas sociais foram lançados, graças à estabilidade econômica alcançada pelo que já trouxe.

No entanto, seu uso eleitoreiro e de publicidade/propaganda exageradamente manipuladas, como do PAC foram e são vergonhosos. Dados alterados e obras corriqueiras e simples incluídas no PAC, para alçar sua sucessora com a superexposiçao em razão da presença em locais para "inaugurar" calçadas... E assim a presidenta seguiu fazendo comícios nas inaugurações anos antes do período eleitoral (vide inúmeras e ridículas multas aplicadas pela "Justiça" Eleitoral à Lula e Dilma).

Então agora vem o PT em horário nobre com o ilustre ex-presidente e a atual, discorrerem sobre os milagres que tem sido feitos do país. Ora, por favor!

Milagre é um país ser autossuficiente em produção de petróleo e ter uma das gasolinas mais caras do mundo.

Milagre é o preço da energia elétrica continuar acima da média da inflação e a ANEEL sempre aprovar.

Milagre é a aplicação da poupança render 0,55% ao mês, sendo menor que a inflação.

Milagre são os aeroportos do país continuarem abandonados fazendo os comitês da Copa e Olimpíadas temerem o inevitável colapso do sistema numa tragédia anunciada desde que Dilma era Chefe da Casa Civil.

Milagre é o brasileiro trabalhar quase a metade do ano só para pagar impostos e a saúde ser esse absurdo, condenando à morte milhares de pessoas todos os anos, com a falta de médicos, aparelhos e medicamentos.

Milagre é fazer obra e gastar tanto dinheiro público para eleger sucessora, para agora o Brasil estar cancelando concursos, reaparelhamento das Forças Armadas, dentre outros cortes, graças aos gastos de Lula e do PT para eleger Dilma.

E por falar em milagre, Lula, com seu conhecimento limitado, vem em rede nacional falar que ajudará na Reforma Política depois de deixar a presidência após os 8 anos de governo e NADA FAZER, levando-se em consideração que quase a totalidade da classe política não sabe o que é a reforma e no que consiste, limitando-se a achar que se trata de uma reforma eleitoral e não dos diversos aspectos que circundam o exercício do Poder que ao povo pertence.

Então, se realmente o fizer, sim, Lula será beatificado!!!

Um comentário:

  1. Deveríamos mandar seu texto como manual de instruções da presidente Dilma.

    ResponderExcluir